Economia Local

Fortalecimento e Diversificação da Economia Local

Quando a economia de um país, estado ou cidade é altamente centralizada, seus habitantes são prejudicados, pois o dinheiro que deveria circular entre eles fica concentrado na mão de poucos. Por isso, é imprescindível que haja uma circulação dos recursos locais, da poupança e do investimento dos recursos disponíveis no próprio território. Isso faz com que a economia local seja saudável, trazendo benefícios a todas as pessoas que ali vivem.

Para que seja possível ativar e dinamizar a economia local, é necessário que ocorra tanto uma diversificação da produção, como uma qualificação e consolidação dos postos de trabalho existentes. Como complemento, são necessárias ações para captar a poupança e investi-la localmente, fazendo circular no território os recursos disponíveis.

Além disso, a atração de novos empreendedores e o apoio a novos negócios também são estratégias vencedoras, desde que o tecido produtivo e o poder de compra da massa salarial forneçam a base para as novas iniciativas.

A prioridade da CARE Brasil está em possibilitar que microempreendedores, agricultores familiares, assentados da reforma agrária, jovens adultos e empreendedores informais tenham acesso ao mercado de forma mais equilibrada e justa, permitindo maior sustentabilidade às suas iniciativas econômicas.

Para isso, a CARE Brasil busca a facilitação do acesso às microfinanças, fomentando o empreendedorismo e a capacidade de gestão dos grupos mais vulneráveis nos locais em que atua.

Perguntas frequentes

Leia nossas perguntas frequentes e conheça mais sobre a CARE Brasil

Fale conosco

Conheça nossos endereços no Brasil e entre em contato.

Assine a nossa newsletter

Receba as novidades e informativos

Receba as novidades e informativos