Página inicial > CARE Brasil lança campanha #QueroFicarNoCampo > CARE Brasil lança campanha #QueroFicarNoCampo

CARE Brasil lança campanha #QueroFicarNoCampo

quinta-feira, 30 de outubro de 2014, 19h10

Junte-se a nós e ajude a CARE Brasil a continuar investindo no desenvolvimento sustentável do meio rural e da agricultura familiar. Some com a CARE, apoie #QueroFicarNoCampo!

Famílias no meio rural ganham um futuro melhor e você ganha um presente exclusivo da CARE.

  • Doe R$ 20,00 e ganhe um protetor de tela exclusivo da campanha #QueroFicarNoCampo
  • Doe R$ 50,00 e ganhe 1 pôster do Sebastião Salgado
  • Doe R$ 100,00 e ganhe 2 pôsters do Sebastião Salgado
  • Doe R$ 150,00 e ganhe 3 pôsters do Sebastião Salgado.

Esse é o lindo pôster que você receberá na sua casa contribuindo para a nossa campanha:

O pôster faz parte da coleção “Terra”, que retrata de forma realista os assentamentos e a vida dos trabalhadores rurais no Brasil. Na introdução do livro da coleção, que ficou a cargo de José Saramago, o escritor lembra das promessas não-cumpridas do governo brasileiro pela reforma agrária.

Sebastião Salgado é um dos fotógrafos brasileiros mais influentes e respeitados do mundo. Dedicou-se a fotografar a vida dos desertados do mundo, e os mostrou em 10 livros que levaram dezenas de prêmios mundiais. Durante vários anos, o fotógrafo viajou pelo mundo retratando importantes acontecimentos políticos e econômicos, dedicando-se a retratar pessoas consideradas excluídas e que se encontravam à margem da sociedade.

A agricultura familiar é importante para eles, para você e para o mundo.

70% dos alimentos que comemos vêm do cultivo de pequenos agricultores e agricultoras. O número surpreende e choca ao mesmo tempo nos levando a questionar: ‘Mas o agronegócio não produz os alimentos que como?’. Um ‘não’ rotundo é uma resposta bem adequada a essa pergunta.

Mais de 70% do agronegócio é dedicado à produção de biocombustíveis e alimentos para exportação e 86% das terras cultiváveis brasileiras estão nas mãos do agronegócio. “Sendo assim, quem produz a comida que está no meu prato?”. Quem produz o alimento que está todo dia na sua mesa são as famílias que vivem e trabalham na terra.

De acordo com o Censo Agropecuário de 2006 – o mais recente feito no país -, são fornecidos pela agricultura familiar os principais alimentos consumidos pela população brasileira: 87% da produção nacional de mandioca, 70% da produção de feijão, 46% do milho, 38,0% do café, 34% do arroz, 58% do leite, possuíam 59% da produção de suínos, 50% da produção de aves, 30% dos bovinos, e produziam 21% do trigo.

Por isso, é necessário maior atenção, mais incentivo, apoio legal e investimento na agricultura familiar e ao meio rural. Deles dependem a segurança alimentar do nosso país e, graças a eles, podemos ter alimentos frescos, diversificados e saudáveis em nossas casas todos os dias.

Porém não se trata apenas de uma questão alimentar, mas também de condições de vida digna e combate a pobreza.  Há décadas o meio rural brasileiro não tem oferecido condições de vida digna para as famílias e o êxodo rural continua ocorrendo, mesmo tendo diminuído consideravelmente nos últimos anos. Atualmente são, principalmente, os jovens que tem abandonado o campo com a esperança de uma vida melhor nas cidades. Mas, muitas vezes a promessa da vida melhor não chega e essa dinâmica também não contribui para melhorar a vida nos centros urbanos. O que será da nossa alimentação se essa tendência continua?

Muitas vezes os recursos destinados à agricultura familiar não conseguem chegar aos seus beneficiários porque estes não têm a informação e a formação necessária para aceder a eles.

2014 foi declarado pela ONU o Ano da Agricultura Familiar, reconhecendo a importância do setor agropecuário para a sustentabilidade e segurança alimentar do planeta. O ano está acabando e a CARE Brasil quer lembrar que a agricultura familiar é fundamental para assegurar uma vida digna a milhões de famílias no Brasil.

Por essa razão, a CARE Brasil acaba de lançar a campanha #QueroFicarNoCampo: por uma vida dina! em parceria com a plataforma de financiamento colaborativo, Kickante. O objetivo é chamar a atenção para o tema da agricultura familiar e arrecadar fundos para a instituição que trabalha na manutenção de projetos que incentivam, capacitam e estimulam a agricultura familiar.


Os programas da CARE voltados à agricultura familiar apoiam famílias de pequenos agricultores em diversos países do mundo, inclusive no Brasil, através de atividades de formação e capacitação, melhoraria de tecnologia e nas técnicas de produção, no acesso a recursos públicos e promovendo o associativismo.

Em Barro Alto (Goiás), desenvolvemos juntos aos moradores ações de empreendedorismo, educação ambiental, fortalecimento da agricultura familiar e dinamização da economia local desde 2008. Tudo isso já beneficiou diversas famílias, produtores de leite, apicultores, agricultores de plantas nativas, e também um grupo de rapadureiras e mulheres que trabalham com cosméticos naturais.

Em Pedro II (Piauí), trabalhamos junto a assentamentos, associações e a Escola Família Agrícola para incentivar o empreendedorismo rural. Com o apoio da CARE, as famílias desenvolveram a produção e comercialização de aves e suínos, melhorando suas rendas e alimentação da região.

No sul da Bahia, trabalhamos com o desenvolvimento e organização de associações comunitárias de pequenos produtores rurais de assentamentos de reforma agrária, desde 2008. Fornecemos assistência técnica visando o aumento de produtividade do cacau, auxiliamos na busca de mercado para os agricultores venderem seus produtos, além de capacitar os produtores locais na criação aves e produção de polpas de frutas tradicionais da região, como cupuaçu, acerola, graviola, etc.

Quer participar? Clique aqui e doe!

Para saber mais sobre o tema:


Clique aqui para voltar a página anterior

Perguntas frequentes

Leia nossas perguntas frequentes e conheça mais sobre a CARE Brasil

Fale conosco

Conheça nossos endereços no Brasil e entre em contato.

Assine a nossa newsletter

Receba as novidades e informativos

Receba as novidades e informativos