Síria

Mais de 1.5 milhões de sírios fugiram do conflito brutal que tomou conta do seu país desde 2011. Não tão longe dali, na Jordânia, 1.000 novos refugiados chegam todos os dias. Três quartos deles são mulheres e crianças e quase todos chegam apenas com o que conseguiram carregar nas mãos ou em algumas sacolas pequenas.

Veja alguns números sobre a situação geral da Síria:

  • Mais de 8,6 milhões de pessoas afetadas pelo conflito
  • Mais de 2 milhões de refugiados
  • 75% são mulheres e crianças
  • Mais de 1 milhão de refugiados são crianças
  • Pevisão do n° de refugiados em dezembro de 2013: 3,4 milhões
  • Pessoas que abandonam a Síria diariamente: 4.40
  • Mortos: 100 mil

Foto: CARE Internacional

As previsões mais otimistas apontam que até o fim do ano metade da população síria estará refugiada em outros países ou precisando de ajuda de emergência dentro do país. O campo de refugiados de Zaatari, com uma população aproximada de 120 mil pessoas já é a quinta maior ‘cidade’ da Jordânia e o segundo maior campo de refugiados do mundo.

Estima-se que em dezembro a população do Líbano cresceu cerca em 25% devido ao fluxo migratório sírio. Três quartos da população refugiada na Jordânia vivem na casa de famílias locais que estão recebendo os refugiados, em apartamentos alugados nas cidades fronteiriças ou em Amman, capital do país.

A CARE sabe que em todos os conflitos, mulheres e meninas são particularmente vulneráveis. Mulheres e crianças representam mais de três quartos dos refugiados que tiveram que abandonar a Síria. Por isso, reclamamos que todos os envolvidos façam a sua parte para assegurar a proteção das mulheres.

Estamos trabalhando para aumentar nossa capacidade de resposta e atender o maior número possível de vítimas entre os grupos mais vulneráveis.

Foto: CARE Internacional

Como a CARE está respondendo ao conflito na Síria?
Estamos provendo serviços básicos para os refugiados na Jordânia e no Líbano e para a população afetada na Síria. Dada a tendência de aumento do conflito, nós começaremos atividades no Egito e possivelmente no Yemen para ajudar refugiados Sírios também nesses países.

A CARE é totalmente imparcial e neutra no seu trabalho. Nosso suporte às famílias afetadas pela crise é baseado unicamente nas necessidades humanitárias, independente de religião, afinidades políticas ou características étnicas.

Saiba mais sobre as atividades da CARE em emergências acessando o blog CARE Brasil em Emergências.

Perguntas frequentes

Leia nossas perguntas frequentes e conheça mais sobre a CARE Brasil

Fale conosco

Conheça nossos endereços no Brasil e entre em contato.

Assine a nossa newsletter

Receba as novidades e informativos

Receba as novidades e informativos