Filipinas

Uma das piores tempestades da história atingiu as Filipinas, causando uma terrível destruição e perda de vidas. Aproximadamente 14,1 milhões de pessoas foram afetadas pelo tufão Hayian, 1,2 milhões sofreram estragos em suas casas ou foram feridas e 4,13 milhões de pessoas perderam suas moradias. A tempestade atingiu as ilhas centrais do país do Sudeste Asiático no dia oito de novembro.

Família desabrigada após o tufão Haiyan nas Filipinas. Foto: CARE Internacional

Ao longo dos últimos anos, as Filipinas foram atingidas por um número assustador de tempestades: Ketsana e Parma registraram pelo menos 1.200 vidas perdidas em 2009. Washi registrou mais de 1.200 vidas perdidas em 2011 e Bopha mais de 2.000 mortos em 2012. O tufão Haiyan (localmente conhecido como Yolanda) atingiu e danificou mais de um milhão de casas, destruindo completamente mais de 550.000 moradias.

Balanço das atividades

A CARE está trabalhando com parceiros para oferecer ajuda emergencial em três áreas das Filipinas: Leyte, Samar e Panay. Nossa meta é garantir que pelo menos 200 mil pessoas tenham acesso a alimentos, abrigos e outras formas de assistência além de ajudar as comunidades a se recuperarem nos próximos meses e anos. Até agora, a CARE forneceu comida a 100.000 pessoas, material de abrigo (como lonas e barracas) para 15.000 pessoas e utensílios de cozinha para mais de 13.000 indivíduos.

Para ajudar e aumentar a qualidade da distribuição de kits de reparação de abrigos, a CARE e seus parceiros estão trabalhando para capacitar as famílias a reconstruir suas casas de maneira eficaz, de modo que sejam resistentes a futuras tempestades. Esta abordagem de longo prazo envolve, entre outras coisas, treinar carpinteiros e membros da comunidade, promovendo as melhores técnicas de construção para fazer casas mais resistentes e formar equipes itinerantes de especialistas de construção disponíveis para oferecer instruções para a população.

CARE ajuda milhares de pessoas cujas vidas foram derrubadas pelo tufão em novembro de 2013. Foto: CARE Internacional

Dados importantes:
Cerca de 14,1 milhões de pessoas foram afetadas pelo tufão Yolanda, resultando em 6,092 pessoas mortas, 27,665 feridas e 1,779 desaparecidos . 4,1 milhões de pessoas ficaram sem ter onde morar e cerca de 100.000 continuam vivendo em áreas de evacuação, a maioria das quais são escolas. A retomada das aulas no início de janeiro nestas áreas de evacuação terá um impacto significativo nestas populações rurais.

5,9 milhões de trabalhadores em nove regiões foram afetados, com os meios de vida e fontes de renda destruídos, perdidos ou interrompidos. Dessas pessoas, 2,6 milhões têm sido identificados como vulneráveis. Cerca de 5,6 milhões de pessoas necessitam de ajuda alimentar e apoio para evitar a falta de alimentos e para restaurar seus meios de vida agrícolas e de pesca. Estimativas indicam que até 450 mil famílias de agricultores foram afetadas diretamente. 65% das comunidades de pescadores perderam seus meios de produção e cerca de 28 mil barcos de pesca informal foram destruídos.

A CARE Brasil continua mobilizando recursos para apoiar o trabalho da CARE nas Filipinas.

Perguntas frequentes

Leia nossas perguntas frequentes e conheça mais sobre a CARE Brasil

Fale conosco

Conheça nossos endereços no Brasil e entre em contato.

Assine a nossa newsletter

Receba as novidades e informativos

Receba as novidades e informativos